Câmara Municipal de São Lourenço sedia reunião pública sobre Estação de Tratamento de Esgoto

29

A Câmara Municipal de São Lourenço recebeu cerca de 150 pessoas na noite desta quinta-feira em uma reunião pública sobre a situação das obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que se encontram paralisadas. O encontro, sediado pela Casa Legislativa, foi promovido pela Prefeitura.

Compareceram ao evento os vereadores Evaldo José Ambrósio (PROS), Helson de Jesus Salgado (PPS), Natanael Paulino de Oliveira (PPS), Paulo Gilson Chopinho de Castro Ribeiro (PSC), Renato Motta de Carvalho (PT do B), Ricardo de Mattos (PMN), Ricardo Luiz Nogueira (PMDB) e Waldinei Alves Ferreira (PV).

Na reunião, os engenheiros Frederico Ferreira de Vasconcelos, do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), e Jairo Batista, da empresa JVA, a qual executa o projeto de licitação para a continuidade das obras, explicaram o porquê do atraso. Segundo eles, houve problemas técnicos anteriores, o que comprometeu a estrutura das fundações, sendo necessário refazer alguns pontos.

De acordo com a advogada geral do município, Amanda Mattos, que também se pronunciou na reunião, a Prefeitura irá elaborar um edital para a licitação da continuidade da obra. O prazo para que a empresa vencedora finalize a ETE é de um ano e meio, tempo que será contado a partir da emissão da ordem de serviço.

Ainda participaram da reunião o vice-prefeito Leonardo Sanches e a prefeita Célia Cavalcanti. “Nós fizemos essa palestra para esclarecer a população sobre o que aconteceu. É um projeto que todos nós estamos aguardando”, afirmou a chefe do Executivo.

O presidente da Câmara Municipal, Ricardo de Mattos, reiterou: “É uma obra muito importante para a cidade. Então cumpriremos o nosso papel de fiscalizar e acompanharemos tudo de perto, prezando sempre pelo bem estar dos moradores de São Lourenço”.