Câmara Municipal realiza sétima sessão de 2018

43

Na noite desta segunda-feira (26.03), mais uma reunião ordinária da Câmara Municipal de São Lourenço foi realizada. Com nenhum projeto de lei entrando em pauta, oito requerimentos foram aprovados pelos vereadores.

Ricardo de Mattos (PMN), o atual presidente da Casa Legislativa, solicitou ao Poder Executivo informações sobre a licitação para o evento “Carnaval Folia Infantil”, de 2018. Já Waldinei Alves Ferreira (PV) apresentou dois requerimentos. Um deles também questionava a Prefeitura sobre um processo de compra, cujo objeto era a confecção do Informe São Lourenço. O outro documento do vereador era em relação ao pagamento das contas de água do SAAE, que agora não pode mais ser efetuado em Casas Lotéricas.

Helson de Jesus Salgado (PPS) e Natanael Paulino de Oliveira (PPS) também tiveram dois requerimentos aprovados. Helson questionou a Prefeitura em relação aos valores arrecadados com o IPTU e pediu a listagem de quais entidades foram contempladas com o incentivo previsto na Lei Orgânica Municipal. Natanael solicitou ao Poder Executivo informações relacionadas ao ICMS Esportivo e à possibilidade de buscar parcerias junto à iniciativa privada para oferecer planos de saúde para os servidores.

Já Evaldo José Ambrósio (PROS) pediu que a Prefeitura enviasse um relatório sobre a necessidade da realização de obras sociais nos bairros São Lourenço Velho e Alto Cruzeiro. Segundo o vereador, é uma demanda antiga dos moradores dos dois locais.

Paulo Gilson Chopinho de Castro Ribeiro (PSC) ainda fez uma moção de repúdio a uma empresa de ônibus intermunicipal que opera no Sul de Minas Gerais. Segundo ele, os ônibus não estão em boas condições e não oferecem conforto aos passageiros.