Palestra sobre felicidade lota Câmara de São Lourenço

742

O tema “Felicidade em tempos de consumismo” levou mais de cem pessoas  à Câmara de São Lourenço na noite desta quinta-feira (28.09). Com o Plenário Juscelino Kubistchek lotado, o professor Nilber Martins falou sobre a busca pelo prazer e pela satisfação pessoal, citando diversos autores renomados, desde a Antiguidade até os tempos atuais. O evento foi realizado pela Escola do Legislativo e fez parte do projeto de expansão das atividades da instituição.

Durante a palestra “Comprei de tudo! Ops… Só não comprei a felicidade”, Nilber apresentou conceitos de Platão, Aristóteles e Zygmunt Bauman, entre outros. Segundo este último, um renomado sociólogo polonês falecido no ano passado, vivemos em uma época em que as relações são voláteis e os produtos e bens não são duráveis. É o que ele chama de “modernidade líquida”. Nilber fez um paralelo do pensamento do filósofo com o consumismo desenfreado, passando pela ideia de construção da felicidade. “Hoje já não é preciso mais ter. Basta fingir que tem”, disse, ao se referir às redes sociais.

O professor também falou sobre a importância de perdoar e cultivar sentimentos positivos para o bem  estar mental. Ainda frisou que a felicidade é relativa e depende dos desejos e metas que cada um traça: ”Somente você pode saber o que é melhor para si próprio. Ninguém mais. Então é importante se conhecer”.

“A palestra me tocou bastante, principalmente quando ele (Nilber) falou do perdão. Vou tomar atitudes que me façam mais feliz”, disse Giovanni Alberto Barbosa, estudante de Administração. Ele compareceu ao evento com outros 25 alunos do curso técnico de Conceição do Rio Verde.

Sobre o palestrante

Nilber Martins Rosa é mestre em Educação pela Universidade Federal de Lavras. Graduou-se em Filosofia pela UEMG (Universidade do Estado de Minas Gerais) e também é especialista em Ciências da Religião e Ensino de Filosofia.  Foi secretário de Cultura de Campanha entre 2013 e 2015. Atualmente leciona no Instituto Filosófico São José, ligado à Diocese da mesma cidade.

Escola do Legislativo

A Escola do Legislativo de São Lourenço foi inaugurada no dia 10 de junho de 2015, com o objetivo de oferecer uma educação baseada na cidadania política. É uma instituição que procura sempre aproximar a Câmara Municipal da população, por meio de um diálogo equilibrado e horizontal.

A instituição produz e divulga conhecimentos ligados ao Poder Legislativo, capacita servidores e promove a democracia, incentivando a participação popular. Atualmente, são desenvolvidos dois projetos centrais: o Parlamento Jovem, que trabalha com estudantes regularmente matriculados no Ensino Médio, e a Gincana do Saber, cujo foco sãoPa alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Além disso, são oferecidos cursos, debates, oficinas e palestras.