História

São Lourenço se localiza no sul de Minas Gerais, às margens do Rio Verde, na região da Serra da Mantiqueira. É uma das estâncias hidrominerais mais importantes do Brasil e cidade polo do Circuito das Águas. Possui uma população de 45.457 pessoas (estimada pelo IBGE em 2017).  O turismo e o comércio são as principais atividades econômicas.

Sua história se mistura à do Parque das Águas, cartão postal da cidade. A trajetória se inicia em 1675, quando o bandeirante Lourenço Castanho travou uma batalha com os índios Cataguases, que já viviam na área onde hoje fica o município. Com a derrota dos nativos da terra, ele fundou um pequeno acampamento que, aos poucos, foi povoado. No século XIX, as propriedades das águas minerais foram descobertas e as notícias sobre a pureza das fontes, seus benefícios e sabores passaram a circular em toda a região.  

Não demorou para que o comendador Saturnino da Veiga ficasse sabendo da  novidade e, em 1890, adquiriu o terreno onde atualmente funciona o parque, fundando a Companhia das Águas Minerais de São Lourenço. Um ano depois, o povoado foi elevado à distrito de Carmo de Minas, mas, em 1923, foi transferido para Pouso Alto.  

A emancipação da cidade veio com o Decreto Estadual 7.562, de 01º de abril de 1927. Vinte anos depois, em 1947, foi instituída a Câmara Municipal de São Lourenço, com a presidência de Natal Luiz Pereira. E, finalmente, em 1948, deu-se início à primeira legislatura, com 16 vereadores. Atualmente, a Casa Legislativa tem 13 cadeiras em seu plenário.

TV Câmara

Arquivos de Gravações

Rádio Câmara

e-SIC