Vereadores, comerciantes e Secretaria de Saúde debatem reflexos das medidas restritivas contra a COVID-19

77
De acordo com a Secretaria de Saúde, 11653 pessoas (25% da população) já receberam a primeira dose da vacina e 7335 (16%) a segunda.

A Câmara de São Lourenço  se reuniu nesta quarta-feira (09.06) com representantes de vários setores do comércio e com a Secretaria de Saúde para debater o enfrentamento à COVID e os reflexos da pandemia na cidade. Foram discutidos o fechamento dos estabelecimentos e as restrições aplicadas a eles durante a Onda Vermelha do Plano Minas Consciente, por meio de determinação estadual e publicação do Decreto Municipal 8.361, em 06 de junho de 2021.

Na ocasião, a Secretaria de Saúde apresentou dados de imunização, internação e testagem. De acordo com a pasta, 11653 pessoas (25% da população) já receberam a primeira dose da vacina  e 7335 (16%) a segunda.  A diretora Gislene Nogueira afirmou que os atendimentos realizados no Centro de Apoio às Pessoas com Síndromes Gripais totalizavam 2395 até terça (08.06), com 766 detecções de casos positivos.

Os empresários de São Lourenço também se manifestaram, solicitando apoio do Poder Legislativo para que os estabelecimentos continuem funcionando, comprometendo-se a fazer cumprir as medidas de segurança e distanciamento. Alguns comerciantes falaram sobre as demissões ocorridas desde o início da pandemia até o momento.

Estiveram presentes os vereadores Ricardo Luiz Nogueira (PSD), presidente da Câmara, Daniela Bacha (AVANTE), Marisol Gomes (PSD), Marcelo Ribeiro de Oliveira (PL), Patrícia Lessa (PTB), presidente da Comissão de Assistência Social, Direitos Humanos e Saúde, William Rogério de Souza (SOLIDARIEDADE) e Gustavo Luiz Ribeiro (AVANTE), além dos representantes Mário Sérgio Nascimento Ferreira, da CDL; Dânio Benciveni, do Sindicato de Hotéis; Alexandre Melo, do Convention Visitors Bureau; Leandro, do Parque das Águas; Gustavo Macedo, do setor de restaurantes; Hugo Politano, do ramo de academias; e Mauricio Morais, da área de panificação.

Flexibilização

O Decreto Municipal nº 8.371, publicado no final da tarde desta quarta-feira (09.06), flexibilizou as medidas restritivas da Onda Vermelha anunciadas no dia 06 e discutidas durante a reunião. Academias, clubes, salões de beleza e barbearias poderão voltar a funcionar entre 06h e 21h.