Câmara entrega o Título de Cidadã Honorária de São Lourenço a Maria Lúcia Resende Garcia

158

A Câmara de São Lourenço entregou nesta sexta-feira (17/12) o título de Cidadã Honorária a Maria Lúcia Resende Garcia, que atuou como vereadora no município entre 1997 e 2000. A homenagem foi proposta pelo Decreto 332/2021, de autoria de Gustavo Luiz Ribeiro (AVANTE).

De acordo com a justificativa do Decreto, Maria Lúcia foi fundadora da Casa dos Meninos, entidade que atende menores em situação de vulnerabilidade social. Ainda segundo o texto, ela “teve grande papel na implantação dos conselhos tutelares e do direito da Criança e do Adolescente em todo o Sul de Minas”, deu “iniciativa à criação do PROCON de São Lourenço” e instituiu a Associação de Assistentes Sociais da Microrregião do Circuito das Águas (AMAS).

Maria Lúcia nasceu em julho de 1947, em Oliveira, onde foi nadadora e participou de diversas competições. Mudou-se para Belo Horizonte e começou a cursar Serviço Social, mas a frequência no ensino superior foi interrompida após ter sido presa durante o regime militar em um congresso da UNE (União Nacional dos Estudantes). Anos depois, retornou à faculdade e se formou na UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), sendo a primeira assistente social de São Lourenço e da APAE. Ela também trabalhou na FUNABEM (Fundação Nacional do Bem Estar do Menor), em Carmo de Minas.

Estiveram presentes no evento o presidente da Câmara Municipal de São Lourenço, Ricardo Luiz Nogueira (PSD); o vice-presidente, João Bosco de Carvalho (CIDADANIA); o proponente do título, Gustavo Luiz Ribeiro; e os vereadores Rodrigo Martins de Carvalho,  (PSDB), Cristiano Valério (PTB) e João Ricardo Bolzoni Ilha (PTB), William Rogério de Souza (SOLIDARIEDADE) e Waldinei Alves Ferreira (PSC). Também compareceram à sessão solene o prefeito em exercício, Agilsander Rodrigues da Silva e os ex-prefeitos José Celso Garcia, que é marido da homenageada; Célia Shiguematsu Cavalcanti e Tenório Cavalcanti.