Escola do Legislativo da Câmara organiza força-tarefa para ajudar jovens a ingressarem no mercado de trabalho

265
Estudantes do Ensino Médio de todo o estado ocupam a ALMG para debater o tema "Saúde Mental do Jovem", tema do PJ 2022

A Câmara Municipal de São Lourenço, a Escola do Legislativo, a Qualifica, o Sebrae Minas, o Grupo Unis, a Fábrica dos Sonhos e a CDL/ACE assinaram nesta sexta-feira (29/03) um Termo de Parceria para motivar os estudantes do Parlamento Jovem (PJ) a debaterem sobre a inserção no mercado do trabalho, tema do projeto em 2023.

Um dos objetivos é que a constante interação entre as entidades traga discussões aprofundadas acerca dos assuntos que se desdobram sobre o tema central, como empreendedorismo, primeiro emprego, qualificação profissional, vulnerabilidade social e inclusão. A iniciativa também busca orientar a inserção dos jovens participantes do projeto no mercado de trabalho, de acordo com suas aptidões, desejos e necessidades. O lançamento do PJ será no dia 12 de abril, às 17h, na sede da Câmara. A entrada é aberta à população. O evento contará com apresentações de todas as instituições parceiras.

“No PJ os jovens participam de diversas oficinas e elaboram várias propostas para o crescimento e desenvolvimento de nosso município e estado, podendo representar a querida São Lourenço na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Por isso essas parcerias são tão importantes, já que contribuem, para além das discussões, com uma sociedade melhor, facilitando o ingresso no mercado de trabalho”, destacou o presidente da Câmara, vereador Rodrigo Martins de Carvalho.

O Parlamento Jovem é um projeto da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, executado por mais de 150 câmaras municipais, e que desperta em estudantes do Ensino Médio a vontade de contribuir com a sociedade, por meio da participação política. Em São Lourenço, eles frequentam oficinas semanalmente e elaboram propostas reais de mudança, que são levadas pelos próprios adolescentes aos deputados estaduais, em Belo Horizonte, e podem se tornar programas oficiais ou leis, como já aconteceu em edições anteriores. O tema “Jovem e o Mercado de Trabalho” foi escolhido pelos alunos no ano passado.

“Pelo tema já se pode depreender a importância das parcerias estabelecidas para o desenvolvimento do projeto. Estamos todos muito empolgados pelo apoio recebido e já iniciamos nossas visitas às escolas de Ensino Médio do município para fazer o convite aos alunos para o lançamento do Parlamento Jovem. Este apoio foi um importante estímulo para a nossa empreitada”, declarou a presidente da Escola do Legislativo da Câmara, vereadora Daniela Bacha.

Como funciona o PJ

O ponto alto do PJ acontece em setembro, na capital mineira, com os estudantes ocupando as cadeiras dos deputados, em uma Plenária transmitida ao vivo pela TV ALMG que reúne adolescentes de todas as regiões do estado. É neste momento que eles definem o documento final, com as ideias mais bem votadas e aceitas pela maioria. Em Belo Horizonte, são três dias de vivência política e interpessoal.

Antes disso, as propostas passam por um filtro. As primeiras são colocadas em votação na chamada Plenária Municipal. Os jovens se sentam nos lugares dos vereadores, dentro da sede da Câmara de São Lourenço. Eles avaliam cada item, discutem e fazem destaques (um comparativo às emendas).

As ideias aprovadas na fase municipal seguem para a Plenária Regional, onde centenas de estudantes do Sul de Minas se encontram para ter uma experiência legislativa ainda maior. Cada cidade leva entre três e quatro propostas, que também são debatidas. As escolhidas são encaminhadas para a Etapa Estadual.